Odontologia no Dubai – dicas para legalização e licença de trabalho.

0

Odontologia no Dubai

Este é mais um post da categoria “Morar Fora”, para quem deseja exercer Odontologia fora do Brasil.

Um dos locais no mundo com melhor nível de vida, o Dubai tem atraído profissionais de diversas áreas, inclusive na área da Odontologia. Abaixo alguma dicas de como é o processo de legalização para dentistas brasileiros que querem exercer Odontologia no Dubai:

Documentos necessários:

  • Diploma de odontologia
  • Histórico
  • Comprovação de experiência clínica de, no mínimo, 5 anos
  • CRO válido
  • Certificado de boa conduta emitido pelo CRO
  • Cópia do passaporte
  • Foto colorida tamanho do passaporte

Todos esses documentos devem ser traduzidos por tradutor juramentado, reconhecer firma do tradutor, chancelado no Itamaraty em Brasília e reconhecido pela embaixada dos Emirados Àrabes Unidos em Brasília.

Aprovação dos documentos e marcar a prova.

Em geral, leva-se até 3 meses para o DHA aprovar os documentos. Estes podem ser negados, aprovados ou eles ainda podem solicitar documentos adicionais. Quando finalmente eles aprovarem a documentação, é cobrado uma taxa chamada PSV (primary source verification) e permitem que você marque o dia da prova.

É cobrada uma taxa para fazer essa prova e, caso reprove, tem que ser paga de novo. Pode-se tentar até 3 vezes. O resultado costuma sair em aproximadamente uma semana.

Aprovação da prova e eligibility letter.

Ao ser aprovado, o site do DHA liberará um documento chamado eligibility letter. Esse documento é a prova que o candidato passou no teste e está apto para exercer odontologia no Dubai. A “carteirinha” do DHA só é emitida quando o cirurgião dentista tem um empregador. Ao fazer entrevistas de emprego, o candidato apresenta essa carta e, portanto, o empregador sabe que o candidato passou na prova. Ao ser contratado, normalmente a empresa fornece um malpractice insurance, um labour card e um job offer letter. Com esses documentos, o cd obterá sua licença em mãos para trabalhar EXCLUSIVAMENTE para a clínica que o contratou.

ATENÇÃO: A lei de Dubai determina que o empregador seja o responsável pela obtenção de visto de trabalho do empregado. Além do visto, também é responsável pelo pagamento do labour card, malpractice insurance e do dental license. PORÉM, infelizmente, existe sempre malandros em todos os lugares e algumas clínicas não pagam tais taxas e pedem para ser pagas pelo empregado. Fica ao critério de cliente querer aceitar tais propostas ou não. Para se ter uma idéia, o valor do visto é de aproximadamente 1630 dólares a cada 2 anos, o dental license é 820 dólares por ano e o malpractice insurance gira em torno de 300 dólares por ano

Todas as informações para se obter esta equivalência e licença de trabalho podem ser vistas nestes dois links:

Como última consideração, é importante ter um inglês perfeito falado e escrito para conseguir passar pelo processo todo de equivalência em Odontologia e licença de trabalho no Dubai

UPDATE: Confira a entrevista com um dentista brasileiro no Dubai, produzida pelo site “O nome Disto é Mundo”, onde o colega Mauricio Taborda conta muita coisa sobre a vida naquele país: http://www.onomedissoemundo.com/2015/04/065-nem-tudo-que-reluz-e-dubai/

Curso de inglês sugerido: (parceiro do BlogDoDentista) curso de inglês