Estudante de Odontologia é flagrada em exercício ilegal da profissão

0

A equipe de fiscalização do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) constatou em 07.12 mais um caso de exercício ilegal da profissão. O flagrante aconteceu em Itapevi, região metropolitana do estado.

Após a denúncia, a fiscalização do CROSP realizou diligência no local e encontrou uma estudante de Odontologia realizando atendimentos em pacientes. Questionada, ela confessou que ainda estava cursando a faculdade e iria para o terceiro semestre. Declarou também que realizava apenas trocas de borrachas e elásticos dos aparelhos ortodônticos e que desconhecia esta proibição.

Diante do ocorrido, os envolvidos no caso dirigiram-se à Delegacia de Polícia do município, conduzidos pela Guarda Municipal da Cidade, onde foi elaborado o Termo Circunstanciado para apuração do Exercício Ilegal da Profissão.

Além dos flagrantes por meio das visitas de rotina, outra maneira de identificar ocorrências como esta é por meio de denúncias. Neste link estão todas as informações para contato com o CROSP.