Como obter equivalência de diploma em Portugal

19

como obter a equivalência de diploma em Portugal

Dezenas de emails chegam na minha caixa de correio mensalmente com a mesma pergunta: como obter a equivalência de diploma em Portugal, então ficam aí algumas dicas:

O que é necessário para trabalhar como dentista (médico dentista) em Portugal?

Para trabalhar legalmente como dentista em Portugal é preciso fazer a equivalência do Diploma Brasileiro em uma Faculdade Pública Portuguesa:

Diplomas extra curriculares auxiliam no processo de equivalência?

As pós-graduações, especialidades, mestrados e doutoramentos não ajudam em nada neste processo de legalização do diploma.
O que será avaliado é a Grade Curricular da graduação em Odontologia.

Tenho avós portugueses e italianos, pretendo fazer a nacionalidade portuguesa, isto facilita o processo de equivalência?

Ter ou não nacionalidade Européia para este processo é teoricamente indiferente.
Qualquer cidadão de qualquer parte do mundo tem direito de tentar a validação do diploma.
Para a equivalência do diploma não é necessário ter Nacionalidade Portuguesa ou Européia. Porém, para trabalhar em Portugal é preciso ter nacionalidade portuguesa ou o titulo de residência válido em Portugal.
São processos distintos. O processo de equivalência faz a validação do diploma e a inscrição na Ordem dos Médicos Dentistas, mediante a apresentação de um diploma válido em Portugal, permite o exercício da atividade.

Quais são os requisitos mínimos para pedir o processo de equivalência?

Para a candidatura ao processo de equivalência do diploma é preciso cumprir alguns requisitos, como um número mínimo de 4500 horas curriculares. As Universidades disponibilizam outras informações sobre estes requisitos, sendo diferente em cada uma delas.

As candidaturas que cumprem os requisitos mínimos exigidos por cada Universidade devem então ser apresentadas em uma das três faculdade supra citadas para avaliação pelo conselho científico. Se a candidatura ao processo for aceite, porém a equivalência for recusada, ao candidato será proposto a realização de uma prova.

A carga horária mínima não esta relacionada com a obtenção da equivalência. É requisito mínimo para avaliação curricular. O que quer dizer que quem não a tem nem sequer pode ser avaliado. A avaliação curricular nunca é suficiente, como se deve imaginar já que os cursos possuem um caráter curricular diferenciado. Então quem tem pelo menos 4500h, tem a equivalência negada e é proposto fazer uma prova.
A prova que permite a equivalência é bem difícil… São mais de 200 questões para responder em 3h.
Não há cursinho preparatório para as provas e nem material especifico. Há que procurar estudar pela grade curricular que há nos sites das universidades. Diz-se que na prova há muita matéria dos primeiros anos da faculdade e de disciplinas diferenciadas das existentes na maioria das Faculdades Brasileiras.

E se eu não conseguir a equivalência do diploma, o que posso fazer?

Aos que não conseguem a Equivalência pelos métodos tradicionais, resta como alternativa as Faculdades Particulares, que como no Brasil são fábricas de diplomas e aceitam todos os que estejam dispostos a pagar as propinas exigidas  são mais acessíveis para quem esteja disposto à pagar algo em torno de 800 Euros mensais. Nestes casos, o tempo de estudo pode variar de 2 à 4 anos para cumprir as matérias e carga horária necessárias.

19 Comentários

  1. José on

    >Gostaria de comentar a respeito da prova de equivalência em Portugal. Há cerca de 2 semanas recebi uma carta da Universidade do Porto, pedindo que aguardasse uma posição do Reitor, pois com a alteração do curso de Licenciatura em Medicina Dentária para Mestrado Integrado em Medicina Dentária, haveriam mudanças nos procedimentos de equivalências.
    Devido a isso, fui conversar com o presidente do Conselho Científico e ele me antecipou que, provavelmente, para se obter a equivalência, além da prova das 200 questões, mais a prova prática, seremos obrigados a produzir uma monografia em alguma das áreas dos mestrados já existentes cá. O provável tempo para a rodução, será de 6 meses a 1 ano.

    Gostaria de saber se alguém recebeu essa informação?

    Saudações.

  2. José on

    >Sinistra!!!

    Acabei de fazer a prova hoje pela manhã. Bom, ainda nem sei o resultado, mas saí com a impressão que se tivesse estudado um bocadinho mais, poderia ter ido muito bem. A prova é composta por algumas questões fáceis, uma grande quantidade de questões difíceis (mas que se tornariam fáceis se eu tivesse estudado um pouco mais) e umas 40 questões praticamente impossíveis (daquelas que nem se eu fosse um robô eu conseguiria lembrar das respostas). Aliás, quem é o entediado que irá se lembrar o tamanho das partículas de sílica, da potência dos fotopolimerizadores a LED de 1ª, 2ª e 3ª gerações? Quem é o infeliz que se lembra o ano que Antoni van Leeuwenhoek observou um microorganismo pela primeira vez no seu microscópio? Enfiam, a primeira etapa passou, doeu mas eu nem senti. Espero não ter que me acostumar.

    Saudações.

  3. Renata on

    >Acabei de fazer equivalencia do meu diploma de medicina em Portugal. (Eu e meu marido fizemos) Estamos no Porto e viemos assinar nossas carteiras da ordem dos médicos daqui…Acho que fazer equivalencia médica é mais fácil do que de odonto… Meu processo inteiro durou 1 ano. Minha irmã é dentista e vai tentar fazer o dela.Pelo que percebi neste último mês que passei em Portugal, 80% dos dentistas daqui são brasileiros e são muito bem aceitos…

    • Paula Cavalcante on

      Bom dia Dra. Renata.

      Também sou médica e irei nos próximos dias dar entrada no processo de equivalência. Não escolhi a Universidade ainda para fazer isso. Li que vc fez no Porto. O trâmite por lá é melhor que por Coimbra ou Lisboa? Gostaria de tirar umas dúvidas com vc. Pode ser? Obrigada.

      Dra. Paula

    • Raimundo on

      DR. Voce pode explicar melhor a razão da demora de 1 ano para a validaçao do diploma ~> Obrigado

    • Marta on

      Renata, você fez provas ou obteve equivalência automática? Deu entrada no processo você mesma ou contratou despachante/advogado? Conseguiu validar a especialidade também? Qual setor procurar na universidade para isto? Qual universidade é mais facil o tramite?

      Moro no Brasil e quero fazer o mesmo. Agradeço se você puder fornecer mais informações que possam ajudar neste sentido. Onde voce obteve as informações

      Moro no Brasil e quero fazer o mesmo. Agradeço se você puder fornecer mais informações que possam ajudar neste sentido.
      Meu email é m.a.isaac@gmail.com

    • Mariane on

      Renata, sou médica e moro no Brasil. Gostaria de revalidar o meu diploma em Portugal. Assim como os colegas escreveram anteriormente, agradeço se puder me enviar informações que possam me ajudar nesse sentido.
      Meu e-mail é marianeyui@yahoo.com.br

  4. MAB on

    >Renata, você fez provas ou obteve equivalência automática? Deu entrada no processo você mesma ou contratou despachante/advogado? Qual setor procurar na FMUP para isto?

    Moro no Brasil e quero fazer o mesmo. Agradeço se você puder fornecer mais informações que possam ajudar neste sentido. Meu e-mail é mmabmail@yahoo.com.

    Um abraço,
    Marcio

  5. Anonymous on

    >Vou deixar aqui como será efetuada a equivalencia ja a partir deste ano. Sera necessario entrar com toda a documentacao em alguma faculdade publica (lisboa, coimbra ou porto), a documentacao consiste no diploma, historico, conteudo programatico de todas as materias, SINAES (sistema nacional de avaliacao do curso superior), e uma carta de "boa conduta" do CRO(validade de 3 meses) e tudo isso devera ser autenticado pelo consulado portugues. Com isso eles avaliarão o curriculo e estando tudo de acordo será atribuido ao canditato a elaboracao de uma dissertacao de mestrado (isso se da devido ao tratado de bologna que esta em vigor em toda Europa) e a apresentacao do mesmo, sendo aprovado nesta avaliacao tera seu reconhecimento de diploma e direito a se inscrever na OMD. maiores informacoes no site da universidade: http://www.fmd.ul.pt/portal/page?_pageid=408,1100224&_dad=portal&_schema=PORTAL

  6. Anonymous on

    >huhuhahu parece piada portuguesa!!!
    o tratado de bologna em portugal diminuiu os anos de estudos e tirou o tcc (monografia final de curso). dai, aqueles que tem mestrado integrado… tem o nosso tcc. incrivel como eles dificultam os estrangeiros aqui

  7. Anonymous on

    >Renata, me formo em medicina aqui no Brasil no final desse ano e tava querendo saber algumas coisas sobre validar me diploma em Portugal, se vc puder me ajudar, agradeço muito mesmo! meu e-mail: nandaparedes@yahoo.com.br

    Se mais alguém tiver alguma informação sobre isso pode me mandar e-mail tb!!

    Tb tava querendo saber sobre a residência e como validá-la em Portugal pq a minha idéia é ir pra lá depois de acabar a residência!!

    Obrigada!!

    Fernanda

  8. Anonymous on

    >comentario infeliz observando q a faculdade brasileira com melhor desenpenho (odontologia)
    é particular …
    falta de informaçao … talvez …!!

    como reclamar de portugueses preconceituosos??

    talvez esteja aprendendo mto bem com eles..

    no entanto o resto do texto realmente é mto eficaz e fica aki meus agradecimentos .

  9. Anonymous on

    >Bom, retorno aqui e dou minha modesta contribuição.

    No final das contas, passei no processo de equivalência após aprovação nas provas práticas. Depois disso, barramos na famosa burocracia lusitana. Depois de provarmos que somos capazes de passar por esse crivo nada fácil, a reitoria precisa se convencer de que realmente você passou pelo processo. Depois disso (o que ainda não aconteceu)você conquista o direito de pagar 1000 € de inscrição na Ordem e aguradar mais algum tempo. Espero que antes de chegar a idade de me aposentar, eu consiga.

    É isso aí. Boa sorte aos colegas que irão tentar.

    Abraços.

  10. Thaís on

    >Eu também quero tentar a equivalência mas sou formada em Biologia Marinha (e já me informei que a Universidade do Porto tem). Mandei alguns emails pra lá, sem retorno. Procurei na internet mas não encontrei nada que pudesse me ajudar nesse processo. Alguém sabe me indicar como é o processo pra Biólogo?

  11. adnivea on

    >oi thais, tb estou interessada em saber, tb sou biologa, moro na holanda. acabeo de descobrir q aqui o valor do diploma de bacharel brasileiro foi reduzido a equivalencia de bacharel de politecnicas (university of professional education) ou a apenas 2 anos de universidade! devem achar q somos ainda indios e q andamos de tanga por ai…

  12. aurineide on

    Boa tarde.

    gostaria de saber se eu tenho como fazer a faculdade de odontologia aqui em portugal/ lisboa.

    sou brasileira e ja terminei os estudos lá.
    aqui em portugal estou fazendo direito. vi atraves de transferencia do brasil para portugal, mais não gosto do curso. quero saber se posso fazer odontologia, se tem como.

    Att, aurineide aguardo resposta por email

  13. Lendo alguns testemhunhos, acho que para equivalência em odontologia aí esta mesmo complicado, mais uma colega fala em fazer uma faculdadae privada em torno de 2 anos para conseguir a tal equivallencia.
    Solicito confirmação desta hipótese.
    grato

  14. lenira on

    vou terminar medicina esse ano .estou na russia ,quero saber da equivalencia por ai.

  15. Aline Mesquita on

    Olá…
    sou licenciada ou seja bacharel em Direito no Brasil.
    conclui meu curso em 1998.
    Gostaria de saber se alguem pode dar me informações a respeito de como fazer a equivalencia do curso de direito e qual universidade devo procurar.
    Se alguém já fez este processo por favor me informe sobre os trâmites etc.
    Desde já sou grata