Piercing na língua: seis motivos para não colocar.

188

piercing na língua

Continuando o post sobre a proibição de piercing e tatuagens em Portugal, apresento seis motivos para não se colocar piercing na língua:

fratura de dente 1Fraturas de dentes: o piercing na língua provoca erosão dos dentes e fraturas. São irreversíveis. Um dente restaurado nunca é igual a um dente natural. Ocorre com frequência bastante grande.

reabsorção gengival 2 Reabsorção gengival: a fricção do piercing nos tecidos moles pode provocar problemas periodontais, muitas vezes só podendo ser tratados cirurgicamente.

abcesso lingua 3 – Abcessos e infecções: a cavidade oral contém uma população bastante respeitável de bactérias e microorganismos. Além de poder provocar problemas na língua, estas bactérias podem ser transportadas para outras partes do organismo. Deformações nos locais afetados também podem ocorrer.

hemorragia 4 – Hemorragias: sim, meus meninos, esta é grave. Você vai furar sua língua, as condições de higiene parecem boas, seus amigos já foram lá colocar. Mas pode acabar numa bela hemorragia, só parando nas mãos dos cirurgiões do hospital. Se ocorrer lesão de algum nervo, os movimentos e sensibilidade podem ser comprometidos.

engolir piercing 5 – Piercing no local errado: e que tal se em vez ficar sossegado na língua, o piercing for aspirado para as vias respiratórias? Uma broncotomia pode até resolver o problema, se não tem que ser mesmo cirurgia torácica para remover. No caso de ser ingerido, o mal não é menor, podendo ficar alojado algures no intestino.

aids piercing 6HIV e Hepatite: esta dupla dispensa apresentações. Quando querem, entram em qualquer festa, não precisam de convite. Se a taxa média de infeções hospitalares é bastante alta, o que dizer de locais não apropriados. Meus amigos, luvas descartáveis e estufa de esterilização não são garantia de nada, assepsia é muito mais do que isto.

Careta, eu? Não, realista 🙂