A médica Justine Marie Gloag odeia dentistas

Recebemos aqui no blog um comentário bastante agressivo da médica Justine Marie Gloag. Vejam:


Não fico impressionado com profissionais na área da saúde que fazem comentários assim em blogs, já são mais de cinco anos nos bastidores da internet e já vi de tudo, ignorantes há em todas as áreas profissionais, mas este comentário da Justine Marie foi uma boa oportunidade para mostrar para outros colegas blogueiros que estão começando o que os espera, no meio de muitas mensagens bacanas aparece sempre algo assim.

Quanto á DOUTORA Justine Marie Gloag, provavelmente deve tratar os dentes com um MÉDICO VETERINÁRIO, afinal estes profissionais não são apenas técnicos :twisted:

43 comentários

  1. silvane franco

    bah, realmente uma pena existir uma pessoa tão idiota como essa no univerno.

  2. Carlos Wagner Daher

    Que péssimo Dra. Espero que a sua clínica seja melhor que seu domínio da Língua Portuguesa.

    • Pois é Dra…a sra tem doutorado? em qual área? será que formou-se para achar que apenas uma bacharel em medicina é doutora…Doutor e Doutora só e apenas com Doutorado reconhecido pela Cap..Mec..qual foi o seu tema? e o seguinte eu por exemplo nunca tive a intenção de ser médica, pois tinha pontuação para isso, eu queria ser Dentista para melhorar a estética da nossa sociedade, e quanto aos planos concordo com a sra… é como os sr. com os planos de saúde…hhehe ou em hospitais públicos dos quais vcs ném olham para a população..consultas de 5 minutos???Passam 6 anos em uma universidade para dizer: virose…hehehehe Vamos estudar!!!! Boa sorte com a sua falta de tato nas palavras.

      • maria angelina amorim

        Ponham o nome dela no Google e vejam quantos trabalhos ela já publicou ou se aparece algum lugar em que ela trabalhe. É uma infeliz!!!

  3. é, amigo…fazer faculdade de medicina não diminui as orelhas de nguem…pobre ignorante

  4. Em que país Justine exerce a profissão médica? Pesquisando no Conselho Federal de Medicina por todas as especialidades e por todos os Estados do Brasil nada encontrei sobre ela…
    Dr. Paulo Gurgel, CREMEC 1405

  5. Aahahah, mandou muito bem. Com certeza ela é paciente de algum DOUTOR em MEDICINA VETERINÁRIA! AHAHAHAH.

  6. Agressiva,”ignorante” e pq não dizer “racista”?
    A condição ser médica a torna um “Deus”.Chamo isso de “Síndrome de Deus”!Ela é a melhor, só ela pode e só ela sabe….aff
    LAMENTÁVEL tudo isso. ..
    É preciso ler mais, se informar mais e pq não procurar um DENTISTA e se informar de tudo antes de sair falando do assunto como se tivesse tal propriedade?
    As pessoas, infelizmente, decepcionam mais do que surpreendem!!!

  7. Essa Justine já pode dar a mão pro Blog odeio dentista! Ah, mas antes não esquece de tomar o Gardenal! :P

  8. Não! Axo ki ela têim rasaõ.

    Nózes dentista num somo bonzinhos. Somo tudo sakana
    KKKKKKKKKKKKKK

    Cadê as Pérolas da Odontologia? (com o adendo da medicina)

  9. Que infelicidade os comentários desta pessoa que se julga Doutora… pelo conteúdo de sua mensagem, julgo ser uma pessoa que não merece o mínimo respeito e por isso viro as costas para ela. Mas, isso reflete uma coisa: infelizmente, alguns de nossos “colegas” estão, cada vez mais, denegrindo a imagem da nossa profissão. Tudo bem que existe podridão em qualquer área e em qualquer profissão – não podendo pegar um fato isolado e generalizá-lo -; mas na Odontologia está exacerbado ! Só espero que essa nova safra de CDs seja mais consciente procure atuar com mais ética e respeito com seus pacientes e colegas de profissão.

  10. Olha, no meio dos absurdos q ela falou, qt a certos ortos, não posso deixar de dar razão pra ela. 7 anos de aparelho infelizmente é comum, e qd chegam pra gente transferidos por raiva, não estão nem com os aparelhos colados certo, qt mais alinhamento feito. Voltam pra fase inicial, e perderam estes 7 anos tanto de tempo qt de $$ investido. Isso pra mim é caso de estelionato (e não extorsão viu, sra dra.).

    Mas meu recorde está com uma paciente que veio transferida de Minas, e estava simplesmente há 16 anos de aparelho. Pra “melhorar” ainda mais, voltou como vários outros pra fase inicial, pq ainda estava tudo errado, só que cheio de cáries após periodo tão longo. Falar o que de um colega desses?

    Enfim, a digníssima dra merece critica pelos absurdos e generalizações que fez, mas tb disse a pura verdade qt a CERTOS profissionais e CERTAS clínica que botam assistentes/tecnicos (nem aspirantes a dentistas são) pra atender.

    Como eu ja defendi algumas vezes inclusive pro presidente do cro, uma BOA medida seria que o responsavel tecnico de clinicas dentarias teria de ser OBRIGATORIAMENTE o seu dono, com o proprio cro. Só assim evitariamos ver empresarios, medicos, administradores, donos de supermercado donos de clinicas dentarias botando laranjas que não usam/precisam de seus cros como responsavel tecnico, montando negocios com o claro objetivo de ganhar $$ o máximo que der.

    Abcs,
    Rodrigo

  11. Quanto aos maus profissionais, cabe aos órgãos competentes tirá-los de circulação… dentistas, médicos, enfermeiros… vendedores de pipoca. Pra isso, a denúncia por parte das pessoas lesadas pesa muito.

    Quanto à critica generalizada da médica, estou chocada com a soberba e a falta de educação dessa pessoa. Sem mais.

  12. Alguém avisa essa senhora que ela só pode ser uma doutora de verdade se fizer o doutorado. Faz medicina em lugares escusos do Brasil e não tem noção e nem dimensão do que esse titulo representa. Complicado. Existem alguns dentistas ruins assim como existem médicos, advogados e mecânicos ruins. É um ato de ignorância generalizar e julgar toda uma classe de profissionais, por causa de uma pessoa. Essa médica precisa de um psicólogo urgente.

  13. Concordo que muitos colegas acabam denegrindo a imagem da profissão.
    Isso não dá a ninguém o direito de nos desrespeitar e nos rotular dessa forma.
    E se a ilustríssima e digníssima doutora (ou alguém próximo a ela) tiver uma dor de dente no meio da madrugada? Ou em outra hora qualquer? A quem ela vai recorrer? Aos seus colegas da Medicina, que tanto sabem? Profissionais que exercem uma belíssima profissão sim, mas que não têm a competência necessária (leia-se competência: aquilo que compete a alguém) para tratar de problemas de saúde bucal?
    Será que ela vai ter que se submeter ao atendimento desses “técnicos” tão odiados por ela?
    Assim como existem sim muitos dentistas mal intencionados, essa ilustre doutora não merece, nem de longe, esse título que ela mesma se impõe. E prova, sem sombra de dúvida, que a Medicina também padece de profissionais medíocres e sem caráter.

  14. Nossa, quanta bobagem.
    Ela diz que ortopedista não é médico? hahaha. Nossa, acho que ela nem sabe que ortopedia é uma especialidade médica. Essa mulher é louca. Interna ela gente.

    Toda profissão tem sua importância, será que ela é tão cretina e não percebe isso? Se nós não tivessemos os varredores de rua, imagina como não seria imunda nossa cidade? Pq aqui em SP as pessoas não sabem o que é jogar lixo no lixo.

  15. Primeiramente vamos analisar os dados: verifiquem na margem superior direita sobre qual assunto possivelmente ela está “interessada”…… e depois na margem esquerda qual o endereco de email…. Dúvidas a parte resolvidas, poderemos, talvez , definir qual o objetivo da cidadã citada que pelo “horário” ou ela estava “trabalhando e dando nó..” ou ela não tinha nada a fazer, porquê de madrugada são reservados para trabalhadores noturnos na produção industrial, manutenção ou qualquer “coisa” a serviço da sociedade na “industria vital” como dizia o velho sábio Pica-Pau (desenho infantil de Walter Lantz…).

  16. Alberto Santos Dumontt

    Ô “dotora” !!

    Inda bem qui existi arguém tão boa dotôra como a sinhora! Vem protegê nóis dessis bandu di “sakanas”!!

    Era tudo qui nóis quiria! Uma dotôra qui sabe lê i iscrevê!
    Onde é seu con…con..ondi é qui a senhora trabaia? Vô lá! Falanu assim, num dve di cobrá nada di nóis pela consulta né? A sinhora é uma dotora verdadera!

    Realmente…que infelicidade dessa IMBECIL !!
    Ganhava tanto em ter ficado calada… ou não tivesse escrito nada… ainda vem falar de vestibular… Isso ainda existe? Então onde é que está a VOCAÇÃO senhora doutora que é mesmo “MÉDICA”?

    AINDA BEM QUE SEMPRE PODEMOS IGNORAR TANTA IMBECILIDADE!

  17. Se beber, não navegue na internet! Perguntinha: quem teria coragem de ir no consultório da doutora? Eu não passaria nem na porta…

  18. Só uma coisa:essa analfabeta disse que ortopedista não é médico?Vivendo e aprendendo…

  19. Márcia Miyashita

    Genteee.. ela diz que Dentistas são frustrados por não terem feito medicina??? Pobrezinha… ela que tinha o sonho de ter feito Odonto e não concretizou. Hoje se diz doutora achando que dá status!!!
    Lamento ela pensar que dentista é sacana… sendo que tem muitos médicos que extorquem pessoas com consultas abusivas sem nem mesmo examinar clinicamente um paciente e distribuir receitas como se fosse folhetos informativos. Mas isso não se generaliza, que fique bem claro… afinal, não podemos desmerecer uma classe inteira por conta de uma “doutora”.
    Espero que ela nunca precise de um dentista… se precisar que seja eu! com certeza vou fechar o dente com goiabada!!! hahahahahaha

  20. delanne diniz

    não concordo com várias colocações, porém devemos reconhecer que ortodontia virou … Tem CD cobrando menos de R$ 50,00 a manutenção. é só isso que vale seu trabalho, 5 anos de faculdade e especialização? Nossa categoria não consegue fazer pressão em planos de saúde para melhorar a reuneração. Não temos fiscais suficientes e os CROs têm que viver de denúncia. O que temos são colegas se formando e saindo sabe Deus como.
    A nossa profissão tem que ser repensada para reconquistarmos nosso espaço. Odontologia já foi uma profissão que só perdia para medicina. Hoje medicina continua sendo a mais concorrida e odonto fica lá trás. Perdemos espaço. Seria bom sinal esta mudança? Na lista do essencial em uma casa estamos no fim da mesma. Parabéns aqueles levam a profissão a sério e aqueles que ainda não o fazem o mercado lhes dará a resposta

  21. Natalia Ortega

    Não sou médica frustrada. Sou dentista por opção! E das mais apaixonadas! Amo tanto o que faço que até tatuei um dente nas minhas costas com a data da minha formatura. Acho que quando a “dotôra” quebra a pata ela vai no veterinario ( q não e tecnico como os ortopedistas) e acredito que ela não possua mais dentes (acho que ela nasceu com anodontia… Ou alguma mutação milagrosa que elimina qualquer problema bucal só para ela se safar de nós, reles técnicos em odontologia…)

  22. Alguém tem que avisar a “DOUTORA” Justine que só é DOUTOR quem fez DOUTORADO….e eu duvido que ela tenha feito!
    TENHO MUITO ORGULHO DA MINHA PROFISSÃO!!
    Falta de respeito pelos dentistas e ortodontistas!!
    Eu, como aluna do curso de especialização em Ortodontia, me sinto ofendida pelas acusações generalizadas que foram realizadas!!
    Mas é isso…a ignorância sempre estará presente em nossas vidas
    Só peço a Deus que tire pessoas como a “DOUTORA” Justine do meu caminho
    Abraços aos colegas dentistas!!

  23. E comentando o que alguns colegas vêm postando, doutor INfelizmente não é só pra quem terminou doutorado não, legalmente algumas profissões podem ostentar este “titulo”, como medicos, dentistas, advogados, juízes, e mais algumas.

    Pessoalmente concordo que doutor é só quem conclui um doutorado, e diga-se de passagem detesto ser chamado de dr, prefiro “voce”. Mas fica a informação.

    Abcs,
    Rodrigo

  24. Só eu que percebi que ela é Fake? Alguém queria escrever essas baboseiras no blog e, para dar força aos seus argumentos de “profissional superior”, se colocou como médica…
    Isso está claro pelo texto super mal escrito e pelo email “justnoreason” … não vamos nos importunar com isso…
    Abraços :)

  25. Prezada Doutora Justine,
    É verdade que tem muito “ortodontista” por aí que coloca aparelho em qualquer um visando apenas explorar o pobre coitado. Eu também acho um absurdo! Mas isso, Dra, não é um problema só da odontologia brasileira, que por sinal é considerada uma das melhores do mundo, haja vista que o sueco Dr. Per-Ingvar Branemark, a maior sumidade da implantologia mundial resolveu estabelecer por aqui o seu instituto – http://www.branemark.org.br/template.php – que fica em Bauru – SP.
    O problema Dra. Justine são os maus profissionais, que existem em qualquer país e em qualquer profissão. E em matéria de maus profissionais no Brasil, Dra. Justine, a sua profissão é a campeã hors concours de ocorrências, já que os médicos são os maiores frequentadores das páginas policiais nos jornais e dos noticiários televisivos. Dra Justine, a senhora já ouviu falar de dentista na cadeia por algum crime relacionado à sua profissão? Duvido! Já de médico vendo o sol nascer quadrado é a coisa mais comum que existe, pois não tem dia que não se noticie escândalo de médicos que recebem sem frequentar os plantões, de falsos médicos que são remunerados por médicos para substituilos, de médico que opera o joelho errado, de médico que esquece pinça no abdomen de algum infeliz, de médico (famoso!) que violenta pacientes enquantos sedadas, de médico que confunde dengue com virose, de médico que da alta e o paciente morre em seguida, de médico esteticista que uma especialidade que nao existe, de médico que sai na porrada com outro médico dentro do centro cirúrgico e de médico com diploma cassado e preso. Dra Justine, a OMS em relatório recente noticiou a malhoria da saúde bucal dos brasileiros ao mesmo tempo que os cemitérios estão cada vez mais lotados de mortos por erro médico, e as cadeias mais lotadas de médicos criminosos e a senhora ainda tem a audácia de vir falar dos dentistas. Faça-me um favor!!!

  26. Ela tem três “formaturas em Universidades Federais” e ainda não aprendeu a escrever.

  27. Thomas Chaves

    Não sabe nem escrever essa ignorante…”saKanas” “Inda mais assaltando…” Ainda mais….; saCanas!!!
    faculdade de medicina da pqp deve ter feito!!!

    KKK

  28. Precisa ser médico pra perceber q essa, digamos, senhora, precisa de um psiquiatra???
    Deve ser , no mínimo, uma mal amada.

  29. Eu até iria escrever algo bem completo aqui, mas o editor já deu a resposta exata para essa DOUTORAZINHA, tratar os dentes com veterinário, essa foi ótima.
    É decadente uma pessoa, se é que pode-se chamar assim alguém tão medíocre, se diz ser médica, mas cadê os teus principios básicos de tal profissão heim querida? Não te ensinaram a ter ética na tua faculdade de MEDICINA? Eu NUNCA quis fazer medicina, e me sinto completamente feliz e realizada graduando na profissão que me dá prazer, ODONTOLOGIA. Obviamente tu não deve ser uma profissional competente e muito menos sucedida na profissão pra ter tal “rancor”, assaltando os pobres, me poupe… e uma salva de palmas para tua escrita e português correto. ALÉM DE IGNORANTE É BURRA. PQP um soco no meio da testa. Ainda vem falar de ortodontista, é um dos profissionais mais nobres na minha opiniao, pois devolve o sorriso perfeito para as pessoas.

  30. Bruna Siqueira

    No mínimo ela não deve ter nem dente! Até pq GALINHA não tem dente! Meu Deus tão esclarecida ela não?! Tenho até pena! Não sei se ela sabe que pra ser DOUTORA, deve-se ter DOUTORADO, e com certeza isso ela não tem! Ter formação em 3 universidades Federais?! Acho meio difícil. Pobre criatura!

  31. Ronaldo Cabral

    Sinceramente…

    Acho que trata-se de uma pessoa (fake) que NUNCA foi médica, mas sim de alguém insatisfeito com o mau serviço de algum ortodontista (que, diga-se de passagem, não são raros) que veio aqui descarregar a raiva. Pra ser mais preciso, trata-se de alguém que não tem alto poder aquisitivo e procurou um serviço de um ortodontista ou clínica/plano dessas que cobram uma merreca pela taxa de manutenção e oferecem serviços de qualidade duvidosa (reparem que ela bateu muito na tecla das clínicas/profissionais populares).

    E outra: médico nenhum diria que ortopedista não é médico, eles são corporativistas e quase sempre defendem o colega de profissão. Podem criticar-se entre si, comentando um com o outro, mas para os “de fora” (não-médicos) eles sempre defendem.

    Pelo português da criatura, é óbvio que não fez 3 faculdades em Universidades Federais, essa afirmação foi uma atitude infantil de tentar elevar ainda mais a imagem, embora falsa, de “Doutora”. Uma pessoa com 3 cursos superiores saberia no mínimo que calúnia e difamação são crimes que se enquadram nos crimes contra a honra. O texto dela, que generalizou de forma pra lá de negativa, é um exemplo bem claro disso (nesse caso, contra a honra da profissão de dentista). Ou seja, nos chamou de criminosos ao mesmo tempo que cometia uma infração penal.

    Acho que é um tipo de pessoa que não merece nem atenção…

  32. Doutora que não sabe nem escrever sem erros de grafia…

  33. Pois é gente, caso ela realmente tenha três faculdades. No mínimo, na primeira (tlvz medicina) teria se formado com uns 23 – 24 anos. Posteriormente, somando outros dois possíveis cursos superiores teríamos pelo menos outros seis anos a mais de cursos (excluo dois anos porque provavelmente e supostamente poderá ter abatido um ano em cada curso) o que nos daria uma média de idade de 30 – 32 anos após formada em todos os seus cursos superiores. Talvez mais uma residência em medicina mais uns quatro anos.
    Sendo assim, somando-se a vasta experiência na saúde e nos outros cursos, teríamos no mínimo uma pessoa com uns 38-40 anos escrevendo neste formidável blog.
    Diante disso conclui-se que:
    – Alguém com um título de bacharel dificilmente escreveria tão errado, ainda mais se fosse tentar defender a classe médica ofendendo os senhores dentistas.
    – Certamente ela não cursou Letras em Português em sua segunda graduação (texto lamentável);
    – Também não cursou direito, pois não sabe distinguir uma extorsão de um estelionato;
    – Mesmo que fosse médica, dane-se sua opinião…

    Gente, enfim, eu acho tremenda bobagem essa guerra interminável entre ambas as classes. Todavia, acredito que como profissionais da odontologia deveríamos sermos mais unidos e chegarmos a poder mais alto no governo federal para conseguirmos uma valorização maior da profissão.

    E outra, e a principal, se fizermos mais pela sociedade, de uma forma que eles nos “amem” mais, como tenho visto na atualidade – pois a população tem visto a odontologia com olhos melhores, simplesmente ninguém terá argumentos para falar um “ai” de nossas ações.

    Enfim, devemos lutar pela melhora da saúde nos locais onde moramos, ao invés de perdermos tempo dando atenção para pessoas que simplesmente não tem uma opinião bem fundamentada ou equilibrada das realidades em que vivemos.

    O mundo melhor não está longe, pois torna-se mais próximo a cada boa atitude sua.

    abraços

  34. GENTE, TÁ NA CARA QUE É UMA ESTUDANTE DE MEDICINA E NÃO UMA MÉDICA. PROVAVELMENTE DOS PRIMEIROS SEMETRES! UMA MÉDICA DE RESPEITO JAMAIS PERDERIA TEMPO ESCREVENDO TANTA BOBAGEM. ALIÁS DE REPENTE É VESTIBULANDA AINDA PORQUE COM ESSE PORTUGUÊS SERIA IMPOSSÍVEL PASSAR EM MEDICINA. TENHO 14 MÉDICOS EM MINHA FAMÍLIA, NENHUM DELES SE ACHA TÃO SUPERIOR QUANTO ESSA FULANA. E EU MAIS QUE NINGUÉM PODERIA SER MÉDICA SE QUISESSE PORQUE INCENTIVO E OPORTUNIDADE NÃO FALTARAM, MAS EU QUIS SER DENTISTA. ALIÁS JÁ QUIS SER UM MONTE DE COISAS QUANDO ERA CRIANÇA, MENOS MÉDICA. E A ORTODONTIA É A MINHA PAIXÃO, É MUITO TRISTE LER TAMANHOS ABSURDOS.

  35. André Von Held

    Dotôra, se a sra tiver dor de dente a sra vai aonde ???? no ginicologista ??? boa sorte, Alias a sra tem que escovar muito bem esses dentes para nao adoecerem e a sra precisar de um tratamento com um cirurgão dentista…
    Analfabeta do C******…..

  36. Juliana Cavalcante

    Nossa eu tenho o maior orgulho de dizer que sou dentista, nem por isso, desprezo quem quer que seja que tenha outra profissão. Todos tem o seu dom e o seu valor. Esta “doutora”, que nem sabe escrever corretamente a palavra sacana, nunca teve nenhum trauma, nenhum disfunção esquelética, nenhuma pulpite, pericoronarite, ou qualquer outro tipo de dor, que somente um dentista pudesse resolver e aliviar. Um dia espero que ela descubra o valor real de cada profissional, em qualquer área que atue, pois todos nós temos o nosso valor, desde a faxineira, o lixeiro, o varredor de rua, até o presidente do nosso país. Se alguns profissionais cometem erros ou abuso, que podem ocorrer em qualquer que seja a profissão, não é sensato generalizarmos, pois a maioria trabalha com amor e dedicação.

  37. É óbvio que ela é fake. É só entrar no site do Conselho Federal de Medicina e procurar… não há registro de nenhuma médica chamada Justine…
    E médica nenhuma não saberia que ortopedia é uma especialidade médica…
    É só mais uma querendo “trollar”…
    Dr. Bruno – médico oftalmologista

  38. Vcs são tão maus profissionais e arrogantes quem nem mesmo tem a capacidade de contra argumentar a Dra. Preferem questionar a formação. É um fato que essas clínicas devem ser fechadas o quanto antes!!

  39. Carissimos Colegas…

    A dra em questão nem sabe escrever direito. Na faculdade onde ela se formou talvez tirasse 100% em redação. Uma ignorante na língua pátria. As opiniões dela valem o que valem, nada !

    Somente reparando na forma como a suposta colega escreve, chamo-a de colega porque me sinto tão doutor quanto qualquer médico( a reparar que de área de estomatologia os colegas médicos são totalmente ignorantes) vejo falta de qualidade pessoal, intelectual e moral. Texto pobre, com erros de portuguÊs, expressões de baixo nível não condizentes com a profissão médica…

    Por outro lado sabemos muito bem que hoje em dia no Brasil a proliferação das faculdade de Merdicina, perdão do trocadilho mas é isso que são, onde o aluno paga pra fazer um vestibular fajuto e que seguramente não teria capacitações para ingressar em qualquer faculdade de odontologia de renome, acaba no fim por mal dizer os profissionais de outras áreas.

    Aliás é bom lembrar que GRAÇAS A DEUS, não fazemos parte da mesma entidade profissional porque se assim fosse o processo ético sobre essa senhora seria exemplar.

  40. João Cerutti

    PAUSA: Ela tem três faculdades e ainda não aprendeu português? Sabe-se lá em qual galinheiro ela se formou…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top