Bruxismo em crianças

bruxismo

Não, o assunto não será o Harry Potter, e sim outro tipo de bruxismo em crianças. Este é um post convidado, escrito pelo autor do blog Maldito Bruxismo.

BRUXISMO INFANTIL

O ranger de dentes nas crianças é detectado pelos pais pelo som do atritar e pelo desgaste dos dentes das crianças e costuma deixar estes pais apreensivos.

É dever do cirurgião-dentista responsável pelo menor entender a dinâmica da fisiopatologia relacionada ao ranger de dentes infantil e de que forma os pais se relacionam com este fato nesta fase da vida de seus filhos.

O bruxismo dividi-se em:

  • Primário / Secundário
  • Diurno / Noturno
  • Cêntrico / Excêntrico
  • Leve / Moderado / Grave

Portanto bruxismo pode ser o termo geral para descrever o ranger de dentes, mas a patologia em sí, para ser diagnosticada, deve ter nome e sobrenome. Cada uma destas patologias que tem causas, sinais, sintomas, tratamentos e prognósticos diferentes, podem ocorrer em crianças e devem ser consideradas.

Nas crianças, a odontopediatria relata a muito tempo esta manifestação do ranger de dentes em algumas fases da dentição mista e dependendo do grau, é considerada normal e adaptativa.Geralmente o profissional que vai avaliar se esse bruxismo é normal ou patológico é o odontopediatra.

O desgaste dental em si é um dos principais fatores de avaliação do quadro, mas não o único. Há muito folclore relacionado a causa do ranger de dentes em crianças e pode-se encontrar em diversos sítios na net estes comentários, tenha muito cuidado.

O tratamento dos sinais e sintomas relacionados ao bruxismo nas crianças tem caráter bastante particular, pois trata-se de um organismo em desenvolvimento  e dispositivos intraorais devem obedecer diversos preceitos relacionados a esta condição. Um exemplo disso é a placa estabilizadora de acrílico que impediria o desenvolvimento normal da dentição. Existem algumas alternativas e devem ser avaliadas caso a caso.

Fatores emocionais relacionados ao bruxismo em si e em crianças são muito empíricos e relacionados somente a alguns tipos de bruxismo, deve-se ter muito cuidado com essa informação e evitar inferir questões psicológicas onde não há ou deixar de detectá-las quando estas forem preponderantes. Existem diversos hábitos deletérios orais que podem se manifestar como ranger de dentes e que devem ser tratados.

Prever dores de cabeça ou problemas futuros na articulação temporomandibular depende de diversos fatores e só o profissional poderá lhe dar alguma informação útil através de um exame e diagnóstico.

4 comentários

  1. Bela matéria introdutória sobre um assunto q é fonte de muitas dúvidas para tantos. E de brinde ainda conheci o blog Maldito Bruxismo.

  2. Jane Machado Paes

    Olá. Sou estudante de odontologia e curto tudo sobre odonto. Achei o texto,
    ótimo, e bem fácil de enteder,para os que não possuem tal conhecimento.
    Obrigada!

  3. Adorei tirei varias duvidas,pois tenho um filho com esse mal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top